top of page

Como garantir o bem-estar de uma calopsita?

Atualizado: 9 de mar. de 2023

Ter uma calopsita como animal de estimação, é uma tarefa que exige bastante responsabilidade, uma vez que, torna-se necessário se atentar a uma série de coisas para mantê-la em seu lar.


Por isso, ao aprender como garantir o bem-estar de uma calopsita, você vai descobrir que precisa:


  • Ter atenção à alimentação da ave;

  • Desenvolver atividades que permitam interação social;

  • Ficar atento em relação ao tipo de gaiola e ao local de permanência;

  • Criar atividades como brincadeiras para distraí-la;

  • Permitir o exercício físico e mais.


A seguir, vamos apresentar várias recomendações sobre como tomar todos esses cuidados e ter uma calopsita feliz e saudável em casa!





1 – Estude e entenda sobre as calopsitas

Antes de tudo, o primeiro passo é estudar sobre a espécie e compreender os comportamentos do animal. Observe com cautela as necessidades da ave, se você está apto para cria-la e se conseguirá prover o seu bem-estar. Reflita com sinceridade para decidir se ter uma calopsita faz sentido com o seu momento e só depois assuma a responsabilidade!


2 – Leve sua calopsita ao veterinário regularmente

Ter um profissional de sua confiança por perto, que acompanhe o desenvolvimento do seu animal, é a melhor forma de assegurar sua saúde. O veterinário consegue captar qualquer alteração de maneira rápida e, com isso, realizar um tratamento precoce e eficaz. Além disso, as calopsitas, assim como todas as aves, estão vulneráveis a doenças e parasitas, sendo fundamental priorizar visitas ao veterinário e exames regulares.

3 – Preste atenção aos hábitos da calopsita

Confira alguns sinais que a calopsita expressa ao dono quando ela não está feliz, saudável ou satisfeita:

Começou a ficar muito agressiva constantemente;

Parou de se alimentar;

Não canta, nem pia;

Não brinca, nem interage;

Plumagem desbotada;

Olhos sem brilho;

Bica o tutor sem motivo aparente e constantemente.


Esses sintomas podem ser indícios de que algo não vai bem com a sua calopsita , por isso, é essencial observar com cautela seus comportamentos, para assim, identificar o problema.


Demonstrações de agressividade são normais até ela se adaptar ao novo lar. Neste caso, o artigo como amansar calopsita pode te ajudar!


4 – Ofereça refeições de boa qualidade e mantenha-a hidratada

Quando se fala em pássaro doméstico, é comum acreditar que a famosa “misturinha” de sementes basta. Porém, os grãos não são suficientes para uma nutrição completa.

Aqui você encontrará três opções de ração para calopsita de excelente qualidade:


Ração para Calopsita - Horizonte Pet Store


Petiscos, frutas, legumes e verduras são ótimos complementos, entretanto, pesquise antes para saber quais alimentos são permitidos, a fim de evitar problemas.


Elas também precisam de uma boa hidratação para não ficarem estressadas, por isso, mantenha o bebedouro da gaiola sempre cheio, com água limpa e fresca. Faça a troca todos os dias e higienize a vasilha, pelo menos, uma vez na semana.


5 – Compre uma gaiola adequada para garantir o bem-estar de uma calopsita

Esse é um ponto importante para garantir o bem-estar de uma calopsita! Por ser bastante agitada, ela necessita de um espaço extenso para se locomover, voar e passar o tempo, sem se sentir “confinada”, portanto, gaiolas pequenas e apertadas são inaceitáveis! Em relação às medidas, preste atenção:


Largura: suficiente para o animal conseguir abrir e bater as asas com tranquilidade;

Altura: quando empoleirada, a cauda da ave não pode tocar no “piso” da gaiola.


6 – Enriqueça o ambiente da sua ave

Todo lugar precisa de um acessório diferente para ficar completo! E os brinquedos são excelentes formas de enriquecer o ambiente das calopsitas e fazê-las felizes!

Galhos secos, espelhos, balanços, bolinhas, sinos e poleiros são ótimas escolhas e proporcionam bastante alegria às aves, portanto, investir nesses itens é uma extraordinária maneira de contribuir no bem-estar de uma calopsita.

7 – Estimule o comportamento natural da ave

A calopsita é um animal silvestre, portanto, nada melhor do que conservar seus comportamentos inatos e seus instintos. Na natureza as aves se distraem, na maior parte do tempo, procurando alimento. Então, que tal levar essa distração para sua companheira? Esconda petiscos em alguns lugares da casa e a deixe procurá-los. Outra opção bem divertida, é esconder as comidinhas em brinquedos e fazer com que ela tente pegar o alimento.


8 – Dê banho no seu pet

Interações com água são super bem-vindas, pois geram satisfação e protegem as penas. Ofereça um recipiente com água, entre 2 ou 3 cm de altura, e a deixe entrar e sair quando quiser. Se preferir, pode usar um spray para borrifar o líquido à distância, como se fosse chuva. Esses hábitos podem ser feitos diariamente, ou pelo menos, semanalmente. Tente descobrir qual tipo de brincadeira sua ave se interessa mais!


9 – Deixe a calopsita se exercitar

É muito saudável deixar a ave livre por algumas horas sob supervisão do tutor. Reserve um tempo do dia para deixá-la explorar uma parte da casa ou para andar e voar. Essa é uma ótima oportunidade para que o dono e o pet interajam, reforcem vínculos de afeto para que a ave possa exercitar sua musculatura, desestressar e gastar energia. Mas atenção, sempre que ela estiver fora da gaiola, feche todas as portas e janelas e não deixe ela junto com outros animais de estimação.


10 – Estimule a mente da sua calopsita

Ensinar truques é uma excelente maneira de estimular a mente da calopsita. Mostrar comandos como “sobe” ou “desce”, ensinar a se equilibrar, jogar bola, dançar, falar ou cantarolar alguma música, fazem muito bem a ela. A repetição é a chave do sucesso para o seu desenvolvimento e aprendizado! Conversar ou ler perto dela, também é uma boa opção, além de estimular a mente do pássaro, vocês ficarão mais próximos e conectados.


11– Respeite o seu descanso

Calopsitas são animais diurnos, portanto, procure brincar e estar com ela pela manhã ou à tarde, já que à noite elas precisam descansar, necessitando de cerca de 10 a 12 horas de sono, para se sentirem dispostas! Cobrir a gaiola com um pano, para evitar luzes e sons externos pode facilitar e colaborar na hora da soneca, já que dessa forma, a ave ficará mais calma, relaxada, longe da luz e dos ruídos.


12 – Não deixe a calopsita sozinha por muito tempo

A última dica é uma das mais importantes na hora de prover o bem-estar de uma calopsita, afinal, elas odeiam ficar sozinhas. Essas aves são bastante sociáveis e amam estar na companhia de outros seres, sejam eles humanos ou da sua espécie, portanto, se você é muito ocupado e não consegue passar tanto tempo em casa, o ideal é adquirir outra calopsita, visto que, ter outro pássaro é ter a certeza de que eles nunca estarão sozinhos! Além disso, treinar a calopsita a voar livremente, é uma das principais maneiras de contribuir com o seu bem-estar, uma vez que, “o voo livre ajuda a ave a se desenvolver verdadeiramente, primordialmente, a musculatura e o sistema cardiovascular”, como assegurou a especialista no assunto Silvia Corbucci. Mas cuidado, mesmo com a presença um do outro, vocês precisam continuar tendo contato e vínculo, caso decida adotar mais um, faça essa escolha de maneira consciente!


Agora, que você já viu os cuidados necessários para garantir o bem-estar de uma calopsita, coloque em prática! Seja um bom tutor e cuide do seu pet, para que ele tenha vida longa e proporcione muita alegria e inúmeros sorrisos no decorrer da sua existência!


Lembre-se: ter um animal é um ato de amor, mas acima de tudo, é um ato de responsabilidade!


_____________________________________________________________________

Artigo produzido pela Dra. Luana Desie, médica veterinária CRMV/SP: 52005. Formada em 2019, pela Universidade Anhembi Morumbi e pós-graduada em bem-estar de animais silvestres e exóticos. É a responsável pelo “Consultório das Aves”, uma clínica focada nos cuidados dos psitacídeos em domicílio.

28 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Opmerkingen


bottom of page